Teo Vai às Compras
<< voltar  

Eu vou comprar um colar cheio de brilhantes
Pra me enforcar
Venham me ver sangrando
Paguem pra ver meu pranto
Eu vou comprar um perfume
O mais fino aroma de estrume
E você vai gostar
Também as mais belas rosas vermelhas e brancas
Pra ficar tão bonito na hora de me enterrar
Venham me ver sangrando
Paguem pra ver meu pranto
Pra solucionar, fazer passar sua tristeza
Teo vai às compras
Compras que irão encher seu coração
De amor e de ilusão
Eu tô plantando uma semente em sua mente
Mais você mente assim tão naturalmente
Esse choro não é choro é só um lamento
Para que saibas o que sinto no momento
Eu fui colher do que plantei não sobrou nada
Tudo que eu falo você acha que é piada
Não chores querida, somente vou embora
Saio da vida para poder entrar pra história
E nos seus braços morrerei como num filme da televisão...
Eu vou comprar muitos livros
Pra quando você chegar
Vou pôr na estante só para enfeitar
É cultivando uma vida dura
Que vou comprar uma cobertura
Pra me jogar de lá de cima e até o sol
Vai sentir dó sustenido de mim

Venham me ver sangrando
Paguem pra ver meu pranto
Vendam cartaz do santo
Vem ver quebrar o encanto


 

 
 
<< voltar