Pedras e Sonhos (Acústico)
<< voltar  

Bota a cara lá fora e me conta o que o teu olho escolhe ver
Olha pra dentro agora e lembra do que convém esquecer

Corre por que aí vem ela - A VERDADE!
Quem tem medo dela?
Vem pra te lembrar
Tranca a porta e a janela - A VERDADE!
Quem se esconde dela?

Sai da tua gaiola, me diz agora o que você vê
Sente na pele e chora, tarde demais pra esquecer

Corre porque aí vem ela - LIBERDADE!
Quem tem medo dela?
Vem pra te lembrar
Arromba a porta e a janela - LIBERDADE!
Quem se esconde dela?

Pedras são sonhos na mão, voam na imensidão
Ideias que ganham vida e criam asas
Voam na imensidão, meus sonhos minha canção
Pedras e sonhos são nossas únicas armas

Pedras são sonhos na mão
Flores que brotam, brotam do chão
Se as pedras não voam os sonhos são em vão
Em tempos de escuridão, o sol se põe
Mas se um dia as pedras cantam…
Se um dia as pedras cantam…
Se cantam as pedras os sonhos dançarão

E eu quero ver quem vai dançar!



 
 
<< voltar